4. ART NOUVEAU

Contexto histórico: Neste período acontece a Revolta da vacina. São Paulo ganha ares de cidade grande, tendo o advento da eletricidade, é impulsionada a construção de ferrovias e o lazer popular ganha espaço na sociedade, como os cinemas por exemplo que ficam muito fortes nesta época.

Período em que acontece a arquitetura Art Nouveau: 1900 a 1920.

O que foi o Período Art Nouveau: Caracterizado por exuberância decorativa, formas ondulantes, contornos sinuosos e composição assimétrica, este período refere-se a um ritmo elegante, feito de linhas entrelaçadas que sugerem muitas vezes o mover instável das chamas.

No exterior: Importado da França, principalmente na decoração de interiores ou em grades e elementos arquitetônicos de ferro forjado. Recebeu diferentes nomes, podendo ser conhecido como: Arte Floreal, Arte Nova, Jugendstil, Modernista, Modern Style, Style Coup de Fouet, Style Liberty, Style Nouille.

Este estilo se desenvolve no restante do mundo entre 1890 e a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) na Europa e nos Estados Unidos, espalhando-se para o resto do mundo.

O movimento social e estético inglês Arts and Crafts, liderado por William Morris está nas origens do art nouveau ao diminuir as fronteiras entre belas-artes e artesanato pela valorização dos ofícios e trabalhos manuais, e pela recuperação do ideal de produção coletiva. Também são influenciadores deste período John ruskin e Victor horta.

Os edifícios da época apresentavam linhas curvas, delicadas, irregulares e assimétricas.

Além disso os mosaicos e mistura de materiais caracterizam muitas obras arquitetônicas, tais como as de Antoni Gaudí, expoente do movimento na Espanha. Com cacos de vidro e ladrilhos, ele decora construções como o Parque Güell e a Casa Milá, em Barcelona. A Catedral da Sagrada Família também é outra obra sua de destaque.

Detalhes da Catedral da Sagrada Família

Fonte: http://matraqueando.blogspot.com/2007_07_01_archive.html

Catedral da Sagrada Família

Fonte: http://imgpe.trivago.com/uploadimages/46/71/467186_l.jpeg

– A catedral da Sagrada Família, projeto Antoni Gaudí é rico em detalhes. Nas fotos pode-se perceber os detalhes em cada parte da obra, até mesmo nas torres. Elementos decorativos e uso de texturas são características notórias nesta obra.

Parque Guell - Barcelona

Fonte: http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://media-cdn.tripadvisor.com/media/photo-s/01/2e/30/39/parque-guell.jpg&imgrefurl=http://www.tripadvisor.com.br/locationphotos-g187497-d228478-w2-hotel_via_augusta-barcelona_catalonia

Detalhe arquitetônico do Parque Guell - Barcelona

Fonte: http://www.leme.pt/imagens/espanha/barcelona/parque-guell/1001.html

– Já no Parque-guell os elementos com mais destaques aparecem nas colunas e no parapeito. Assim como a Catedral da Sagrada Família, esta também se destaca pelos elementos “carregados”, decorativos e pela diversidade de texturas.

Exemplares na Espanha:

Casa Milà projeto de Antonio Gaudí, Espanha.

Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/00/Casa_mila_ag1.jpg

No Brasil: Este estilo chega ao Brasil no início do século XX. A fase em que se passava rejeitava e perseguia tudo o que lembrava a cultura popular como a capoeira e o candomblé, em contraponto ao o que se viveu no período eclético.  A vida social sai dos grandes casarões e passa para as ruas.

Com as mudanças sofridas pela abolição da escravatura – lei Áurea – e a vinda dos imigrantes, este período na arquitetura também sofre influencias externas dos imigrantes.

Teve fundamental participação na divulgação e realização da art nouveau o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, sendo que um dos maiores artistas da época no Brasil, é o artista Eliseu Viscont.

Os arquitetos da época faziam diversas modificações nas edificações pré-existentes ou então construiam algo muito diferenciado do que era conhecido pela população como arquitetura vigente, eram utilizados os jardins amplos, porões mais altos e programas mais complexos.

No campo as residências foram sofrendo alterações com o novo período, tais como o desaparecimento da horta e pomares, alinhamento da residência em relação ao terreno, entre outras.

Características: Exuberância decorativa, formas ondulantes, contornos sinuosos e composição assimétrica. O Art Nouveau procurou sempre um ritmo ascensional elegante, feito de linhas entrelaçadas que sugere muitas vezes o mover instável das chamas. Estilo “floreado”, em que se destacam principalmente as formas orgânicas inspiradas em folhagens, flores, cisnes, labaredas entre outros.

Exemplares no Rio de Janeiro:

Confeitaria Colombo

Confeitaria Colombo

Fonte: http://jafogandooganso.files.wordpress.com/2009/12/ipt-olhares-com-espelhos-colombo.jpg

Acima um bom exemplo da arte encontrada no Rio de Janeiro.

Exemplares em Curitiba:

Fonte: http://www.floresta.ufpr.br/paisagismo/imagens_areas_verdes/joao_candido05.jpg

– Casa que demonstra as características da Art Nouveau, abundância em detalhes, destaque para as aberturas  através de marcos e elementos desenhados.  Nesta obra o pavimento superior é o mais decorado, sendo todo ele simétrico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s