9. CONTEMPORANEIDADE

Contexto histórico:

Este periodo se sobrepõe aos costumes as necessidades da produção em massa, revelando-se na pintura, literatura, moda, cinema, entre outros. Além disso, a contemporaneidade diz respeito aos tempos recentes, dos últimos vinte anos, e pode-se considerar a marca desta época o fenômeno da globalização ou da mundialização. É definida como estabelecimento de uma rede de informações à distância e de fluxo contínuo, tendo como suporte a tecnologia avançada da informação, a informática, que organiza a vida econômica, política e social, segundo uma ordem mundial.

Período em que aconteceu a contemporaneidade: Surgiu na segunda metade do século XX, e se prolonga até os dias atuais.

Características:
Arquitetura contemporânea abrange todos os movimentos, tendências e técnicas arquitetônicos utilizados nos tempos atuais, sucedendo à arquitetura moderna.  Mescla de novidades e materiais.

Se renova aos poucos, aspecto que é favorecido pela distribuição da informação pela internet.

Os novos materiais são utilizados a favor da plasticidade. Aço e vidro são constantemente utilizados em grandes edifícios.

A questão térmica, acústica e ambiental é bastante relembrada nos projetos atuais.

Exemplares:

PINACOTECA – SÃO PAULO:

Um dos átrios internos da Pinacoteca do Estado de São Paulo. O edifício foi projetado por Ramos de Azevedo e inaugurado em 1900, tendo sido objeto de uma intervenção por parte do ganhador do Prêmio Pritzker Paulo Mendes da Rocha.

Pinacoteca de São Paulo - interior

Fonte: http://farm2.static.flickr.com/1249/1337918476_5427a5c3b6_o.jpg

Pinacoteca São Paulo, Fachada

Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/1e/Pinacoteca_de_São_Paulo,_Brasil_-_Fachada_posterior.jpg

ZANINE CALDAS: Foi um paisagista, maquetista, escultor, moveleiro e arquiteto autodidata, além de também atuar como professor no Brasil e no exterior. Por seu talento incomum foi reconhecido como Mestre da Madeira.

Conversadeira de Jurema Descrição: Cada um dos segmentos é feito de uma tora única, emendando-se apenas os braços e os dois assentos um do outro.

Fonte: http://lh3.ggpht.com/_NgqJFJRFPos/SkpiqMJ89QI/AAAAAAAAEMo/Ba8OwZNiBUc/s800/namoradeira.jpg

LINA BO BARDI: Faz parte da arquitetura moderna. No Brasil, desenvolve uma imensa admiração pela cultura popular, sendo esta uma das principais influências de seu trabalho. Inicia então uma coleção de arte popular e sua produção adquire sempre uma dimensão de diálogo entre o Moderno e o Popular. Lina fala em um espaço a ser construído pelas próprias pessoas, um espaço inacabado que seria preenchido pelo uso, pelo uso popular cotidiano. No final da década de 70 executou uma das obras mais paradigmáticas, o SESC Pompéia, que se tornou uma forte referência para a história da arquitetura na segunda metade do século XX.

SESC Pompéia, Fábrica, 1990.

Fonte: http://www.artecapital.net/uploads/arq_design/ok12-Sesc—FMM.jpg

SESC Pompéia

Fonte: http://www.artecapital.net/uploads/arq_design/ok12-Sesc—FMM.jpg

CONTEINER:

Com lojas no térreo e conjuntos comerciais nos pisos altos, este edifício naverticalização da Vila Madalena, bairro da zona oeste paulistana, foi projetado por Vinícius Andrade (FAU/USP, 1992) e Marcelo Morettin (FAU/USP, 1990).

Fonte: http://www.arcoweb.com.br/arquitetura/andrade-morettin-edificio-comercial-conteineres-coloridos-05-05-2010.html

As lajes serão demarcadas como elemento vertical do edifício. No espaço destinado aos conjuntos se alternarão planos transparentes (grandes caixilhos com vidro) e opacos (fechamentos com telhas metálicas), conforme a insolação: a face sul, voltada para o acesso, será mais envidraçada, enquanto a fachada norte da lâmina terá caráter mais hermético. Os fechamentos metálicos, coloridos a partir de estudo realizado por João Nitsche, apresentarão as inscrições dos números dos conjuntos. Dessa forma, assemelham-se a contêineres empilhados.

CASA-REINACH

A casa desenhada por Reinach e Mendonça (Henrique Reinach e Maurício Mendonça, formados pela FAU/USP em 1980 e desde 1987 sócios à frente de Reinach Mendonça Arquitetos Associados) situa-se em um condomínio em Itu, cidade que fica a cerca de cem quilômetros da capital paulista.

casa Reinach fachada

Fonte:

http://www.arcoweb.com.br/arquitetura/reinach-mendonca-arquitetos-associados-categoria-residencias-13-01-2009.html

Explora a plasticidade da estrutura de concreto aparente que configura um L invertido e enquadra a caixilharia, estabelecendo o elemento opaco em contraste com a ampla superfície envidraçada.

Área externa

Edifício: Top Towers

Localizado em São Paulo, da equipe de Arquitetos Jorge Königsberger e Gianfranco Vannucchi, localizado nas proximidades das avenidas Paulista e 23 de Maio.

Destaca-se pela volumetria peculiar.
Os edifícios estão no eixo visual da avenida 23 de Maio e podem ser vistos sob várias perspectivas de seu entorno. Para o cliente e os arquitetos, a solução deveria ser arquitetonicamente significativa, de modo que os edifícios dialogassem, mas sem replicar-se.

É fortemente expressivo quanto à estética, o edifício é marcado pelo jogo desalinhado dos terraços (essa solução foi adotada com a finalidade prática de ocultar aparelhos de ar condicionado).
e pelas laterais, que parecem se desmanchar no ar.

Outras reflexões sobre a arquitetura contemporânea:

Centro de convenções em Brasília

O desenho possui forma de ampulheta, repousando sobre o solo, e linhas curvas.

Fonte: www.arcoweb.com.br

Museu de Arte de Milwaukee – EUA – Santiago Calatrava

O edifício foi projetado levando em consideração o entorno do terreno. Com isso, o arquiteto desenhou um edifício leve, transparente e curvilíneo. Vale ressaltar que o elemento arquitetônico mais interessante do projeto é a grande asa, que funciona como um brise-soleil para controle da incidência de luz e calor sobre o hall de entrada do prédio.

Fonte: www.arcoweb.com.br

Até que estágio pode chegar a arquitetura contemporânea?!

Edifício Eco Dubai

Fonte: Arcoweb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s